Smart Home: controle sua casa pelo celular

Basicamente, smart home (casa inteligente) é um imóvel cujos equipamentos controlam, automatizam e otimizam tarefas residenciais cotidianas. Para que os equipamentos dessa casa funcionem, é preciso que eles estejam conectados por meio de internet ou bluetooth.

Para que uma smart home seja eficiente, é necessário usar tecnologia de ponta e conhecer tudo o que há de mais concreto na chamada IoT (Internet das Coisas). Dessa forma, a casa inteligente poderá garantir comodidade, segurança e conforto para os seus moradores.

Resumidamente, IoT é um conceito que traz a conexão com a internet para aparelhos que, tradicionalmente, funcionam desconectados. Ares-condicionados, lâmpadas, máquinas de lavar e vários outros aparelhos podem fazer parte dessa tecnologia. Na IoT, todos os aparelhos inteligentes de uma casa podem ser controlados por um único dispositivo.

Ter uma smart home é muito interessante, pois essas casas podem controlar o gasto de energia dos eletrodomésticos, travar as fechaduras automaticamente, melhorar a segurança por meio de câmeras, entre outras coisas.

O universo das casas inteligentes apresenta diversas possibilidades. Ao longo deste texto, você conhecerá melhor esse conceito.

Como ter uma smart home

casa inteligente

Muitas pessoas acham que ter uma smart home é coisas dos Jetsons ou dos filmes futuristas. Contudo, ter uma casa inteligente não é nada complicado ou absurdo demais.

Atualmente, existem vários dispositivos que possibilitam o controle de praticamente tudo em uma casa inteligente. Utilizar esses dispositivos é bem simples, basta usar um dos vários aplicativos feitos para smart home. Além dos celulares e dos tablets, também é possível utilizar esses apps em computadores.

Primeiramente, para ter uma smart home é necessário arranjar um dispositivo de automação para segurança doméstica. Câmeras, alarmes, portões automáticos e fechaduras se encaixam nesse quesito. Após arrumar a parte externa da casa, a melhor opção é cuidar dos itens de iluminação, dos interruptores e até mesmo da irrigação.

Como foi dito anteriormente, os eletrodomésticos também fazem parte da tecnologia smart. Por conta disso, vários deles já foram incorporados nesse universo. Nos próximos parágrafos, conheça alguns produtos da IoT que podem compor uma smart home.

Lâmpada inteligente

As lâmpadas inteligentes permitem que o usuário personalize a iluminação de sua casa por meio de um telefone móvel (android, ios ou tablet). Além disso, essas lâmpadas também podem ser controladas por um relógio inteligente (smartwatch).

Em geral, os sistemas das lâmpadas inteligentes permitem que elas mudem sua iluminação gradualmente. Dessa forma, elas podem se adaptar aos diversos momentos do dia ou, simplesmente, serem programadas para acenderem somente à noite.

Alguns kits de lâmpadas inteligentes possuem até 50 unidades e todas elas podem ser automatizadas na hora de ligar e desligar as luzes. Por exemplo, algumas lâmpadas podem ser programadas para acenderem sozinhas em um determinado local e durante um horário específico.

De acordo com a Philips, uma das principais fabricantes desse produto, as lâmpadas inteligentes possuem 16 milhões de tons. Por conta disso, elas conseguem alterar suas tonalidades de acordo com os filmes e com as músicas de cada ambiente.

As lâmpadas inteligentes possuem conexão com Wi-Fi. Dessa forma, os dispositivos delas podem ser controlados mesmo fora de casa.

Além de tudo o que foi dito, as lâmpadas inteligentes, especialmente as da Philips, proporcionam um consumo cinco vezes menor de energia que as lâmpadas alógenas comuns. Aqui no Brasil, um kit de lâmpadas inteligentes custa, em média, R$ 1300,00.

Máquina de lavar com Wi-Fi

As máquinas de lavar inteligentes facilitam a vida do usuário. Além de sua conexão com Wi-Fi, essas lavadoras também mostram qual é o tipo ideal de lavagem para cada situação.

Como esse aparelho possui inteligência artificial, ele mostra para o usuário o ciclo correto a ser aplicado de acordo com a roupa, cor e nível de sujeira. Essas informações são enviadas diretamente para o smartphone da pessoa.

Ademais, também é possível deixar as roupas dentro do aparelho e programá-lo para que comece o processo de lavagem em um horário específico. Dessa forma, o usuário poderá encaixar a lavagem de roupa no melhor horário possível para ele.

Além dos benefícios citados, esse aparelho ainda avisa quando é preciso limpar o tambor e ainda registra os ciclos mais utilizados pelo usuário. Principal fabricante desse aparelho, a Samsung garante que essa máquina consegue lavar 5 kg de roupa em 39 minutos. Isso é mais do que suficiente para reduzir o consumo de energia. No Brasil, o preço médio dessa máquina é R$ 6000,00.

Ar-condicionado com Wi-Fi

Assim como os outros aparelhos da IoT, os ares-condicionados também possuem conexão com Wi-Fi e podem ser acionados à distância. Inclusive, é possível alterar as configurações deles mesmo estando longe de sua casa.

Comparado ao aparelho tradicional, o ar-condicionado da IoT pode economizar até 72% de energia. Além disso, ele consegue manter a temperatura ambiente sem necessidade de ligar e desligar. Por conta disso, ele é bem mais silencioso que um ar-condicionado comum.

Principal fabricante desse aparelho, a Samsung garante que ele reduz as bactérias e os vírus em até 99%. Isso acontece porque o pó e outras substâncias alérgicas são capturados pelo aparelho. No Brasil, o valor médio desse aparelho é R$ 3000,00 para o modelo de 9.000 BTU/h e R$ 3400,00 para o modelo de 12.000 BTU/h.

Apartamentos inteligentes

Além dos aparelhos que tornam a casa inteligente, já existem apartamentos que foram montados com a Internet das Coisas. Esses locais garantem um ambiente conectado, onde é possível abrir portas, persianas, ligar TV e ares-condicionados usando apenas o computador ou o celular.

Ademais, o morador pode controlar esses dispositivos mesmo estando fora de casa. O principal benefício desses apartamentos é o seu controle centralizado.

Após conectar todos os dispositivos em uma rede de internet ou bluetooth, o morador conseguirá programar todos os aparelhos do local. Isso fará com que eles funcionarem de acordo com a rotina das pessoas da casa.

Para transformar um apartamento padrão em uma smart home é preciso contratar uma empresa especializada nesse tipo de assunto. Assim, o morador saberá se é preciso comprar outros equipamentos ou se os aparelhos que ele possui em casa podem ser adaptados para a IoT.

Um dos primeiros apartamentos inteligentes do Brasil foi Sky View, que fica em Jacareí-SP. Iniciado em 2018, o projeto estava previsto para ser concluído em 2021. Em média, o preço desses apartamentos é de R$ 241 mil.

Leave a Comment